domingo, 21 de fevereiro de 2010

O Bicho Pensar

O pensar castiga
Torturador infame, sufoca com crueldade os sentidos
Cria intrigas e histórias desconcertantes

Manipulador ardiloso envolve todo o ser com suas críticas dissonantes
Transforma o sentir em uma criança assustada,
que cobre a cabeça com o cobertor quando as luzes se apagam

É o Bicho-papão?
Não. É o pensar.

O desenvolver do sentido

... um forte calor
Gosto da sensação do úmido sobre o quente

Pensamentos perturbadores
Pensamentos não permitidos

E por quê?
Porque a liberdade deles não me pertence

Não sou íntima o bastante para aceitá-los assim tão sorrateiros e latentes
Em hora tão inapropriada
Melhor não desenvolver
Melhor ir dormir...